Início de oferta do spread no padrão mais baixo do mercado "Dólar/Iene 0.5pip(em princípio fixo)"! E ainda, campanha simultânea de redução do spread dos pares de moedas mais populares!

01 de março de 2012

Nesta ocasião, a Money Partners revisa o spread (diferença do valor da venda e compra) oferecido do Dólar/Iene no Partners FX.

A partir de 01 de março de 2012, na faixa de horário (core time) entre 9:00 da manhã e 3:00 da manhã seguinte(27:00), horário de maior quantidade de operações dos clientes, ofereceremos o spread do Dólar americano/Iene fixo em princípio em 0.5pip, nível mais baixo do mercado, diminuindo mais ainda em 0.2 pip do valor atual de 0.7 pip.

[Data de implementação]
A partir das 09:00 da manhã de 1 de março de 2012(quinta)

Esta empresa, desde 10 de janeiro deste ano (terça), colocou em prática a grande redução do spread dos principais pares de moedas, a começar pela oferta do Dólar/Iene em 0.7pip. E desta vez decidimos reduzir ainda mais o spread do Dólar/Iene.

A cotação oferecida por esta empresa é a "cotação de concretização" que não tem slippage, que não concretiza a compra e venda no preço determinado, e nem rejeita a concretização. Na pesquisa do Yano Research Institute, conquistamos por 3 anos consecutivos 0% de slippage e poder de concretização número 1 com 100% de concretização(*).

Esperamos sempre que mais e mais clientes possam desfrutar da maravilha do "Dólar/Iene: 0.5pip" em uma "cotação concretizável".

E mais, até final de março, parte dos pares de moedas mais populares, são oferecidos com o "Spread Promocional". Claro que também em uma "cotação concretizável".

[Data da campanha]
De 10 de janeiro de 2012 até final de março de 2012

Estaremos melhorando mais ainda daqui pra frente o ambiente operacional, buscando uma maior praticidade para os investidores.

(*)Através do pedido valor de mercado pelo computador. E no teste de performance do serviço FX feito pelo Yano Research Institute do ano de 2011.

Nota: Durante o core time, normalmente o spread estará fixo como divulgado acima mas em horários de baixa liquidez, ou em momentos de anúncio de índices econômicos, etc., o spread pode aumentar.

TOP